História Política de Sarandi

 
ORIGEM DO TERRITÓRIO
O Município de Sarandi tem seu território formado por terras que, inicialmente faziam parte de Rio Pardo (1809), desmembrado após para o município de Cachoeira do Sul (1819), mais tarde Cruz Alta (1834) e finalmente em 1857, Passo Fundo.
 
A FAZENDA SARANDY
Em 1897 João Vergueiro, proprietário da Fazenda Sarandy, anexa três posses e aumenta seu tamanho para mais de setenta mil hectares. Em 1906, Nicolau de Araújo Vergueiro vende a fazenda  para uma firma uruguaia: Maílhos, Mouriño & Lapido. Como o território era vasto, e difícil de se administrar como um todo, os uruguaios iniciam um projeto de colonização particular, surge a Colônia Sarandy.
 
TRÊS PRIMEIRAS FASES DA COLONIZAÇÃO DO TERRITÓRIO
 
1º FASE A primeira fase começa em 1917 com a firma Gomes & Schering, alterada logo para Gomes, Schering e Sturm, e ainda no mesmo ano para Armínio da Silva e Cia. Os primeiros que chegaram foram migrantes de origem alemã, organizados na  Primeira Sede, onde hoje fica o Ati-Açú. Em pouco tempo já estavam ali traçadas as ruas e praças com comércio, serraria, hotel e farmácia.

Continue Lendo

Imprimir Email

1º LEGISLATURA MUNICIPAL

Mário Azambuja
De 25/11/1947 à 31/12/1951
 
Vereadores diplomados empossados, e respectivos partidos:
PSD - José Fumagalli, Sylvio Rodrigues Machado, Frederico Augusto Picoli, Horácio Izaltino da Luz, Antônio Oltramari, Avelino De Carli e Normando Baldissareli.
UDN + PL (Coligação pelo Progresso de Sarandi) - Dr. Paulo Armando Schram Júnior.
PRP – João Hugo Hartmann.
PTB – Franklin Siliprandi e Maturino Rabello.
 
1º Mesa Diretora da Câmara do Município:
Presidente - Antônio Oltramari
Vice-Presidente - Sylvio Rodrigues Machado
1º Secretário - Frederico Augusto Picolli
2º Secretário - Maturino Rabello
 
1º Prefeito Municipal por eleições livres:
O Dr. Mário Azambuja foi o primeiro Prefeito Municipal de Sarandi, eleito nas eleições do dia 15 de novembro, empossado no dia 10 de dezembro de 1947, juntamente com seu vice Etelvino Ferreira Prestes. Sua administração se destacou pela construção do prédio da Prefeitura Municipal, um projeto arrojado para a época, desenvolvido pelo arquiteto italiano Pietro Cescon. 

2° LEGISLATURA MUNICIPAL

De 31/12/1951 à 31/12/1955
 
Vereadores diplomados,empossados e respectivos partidos:
PSD – Antônio Paschoal Siliprandi, Olympio Oltramari, Normando Baldissarelli, Frederico Augusto Picoli, João Batista Fontana;
PTB + PSP (Coligação Democrática) – Milton Alves de Souza, Eugênio Fialho, Italo Ferlauto, Giloé Ferraz Campos, Afonso Simões Pires Neto (renunciou após, assumindo suplente Jacob Graeff).
PRP – Alexandre Presotto.
 
Suplentes que assumiram durante a legislatura:
PSD – José Mazocatto, Marcelino Anziliero, Joaquim Rodrigues e Vitório Paludo.
PTB + PSP (Coligação Democrática) – Jacob Graef, Agostinho Mozena, Fridolino Frederico Vogt, José de Moura Garcez e Fioravante Zaffari.
PRP – Ewaldo Hepp e Ervino Drehmer.
Nota: O vereador Alexandre Presotto presidiu a Câmara Municipal de Sarandi durante os quatro anos do mandato, se afastou apenas para assumir a cadeira de Prefeito de 1º de dezembro de 1951 a 30 de janeiro de 1952. Em seu lugar assumiu a presidência o Ver. Antônio Paschoal Siliprandi.

Continue Lendo

Imprimir Email

3° LEGISLATURA MUNICIPAL

De 31/12/1955 à 31/12/1959
 
Vereadores diplomados,empossados e respectivos partidos:
PSD + PL + UDN + PSP ( Frente Democrática de Sarandi): Vitório Paludo, Normando Baldissarelli, Armindo Francisco Lunardi, Aldo José Conte, Afonso Trento e Normélio Enéas da Silva.
PTB – Italo Ferlauto, Mose Missio, Milton Alves de Souza e Alberi Machado Dal'Áglio.
PRP – Armindo Silvestri.
 
Suplentes que assumiram durante a legislatura:
PSD + PL + UDN + PSP ( Frente Democrática de Sarandi): – Djalmo Ângelo Gobbi, João Olimpio de Souza, Ângelo Villavicêncio e Oreste Antônio Toazza.
PTB – Theodomiro Saffi, João Marcondes, Sílvio Rodrigues Ribeiro, Maturino Rabello, Moysés Marinho Ribas, Aparicio Ribeiro, Jozino Giordani e Balduíno Ghellen.
PRP – Salvador Delatorre Filho.
Nota: Quando presidente da Câmara Municipal, o vereador Vitório Paludo, assumiu o cargo de Prefeito de 2 de agosto de 1958 a 15 de outubro do mesmo ano.

Continue Lendo

Imprimir Email

4° LEGISLATURA MUNICIPAL

De 31/12/1959 à 31/12/1963
 
Vereadores diplomados,empossados e respectivos partidos:
PTB – Mose Missio, Milton Alves de Souza, Almedoro Vencatto, Bernardo Tesser, Hermenegildo Zandoná.
PSD + UDN + PL + PSP (Frente Democrática Progressista) – Avelino Martinelli, Olympio Oltramari, Vitório Paludo, Eugênio Antônio Merlin e Otacílio Wirth.
PRP – Albino Kothe.
 
Suplentes que assumiram durante a legislatura:
PTB – Rui Alves dos Santos Rabello e Alzira Mânica
PSD + UDN + PL + PSP (Frente Democrática Progressista) – Leonildo De Marco e Afonso Trento
PRP – Alexandre Presotto, Zulmir Butelli e Navilio Magro.
 
Prefeito Municipal:
Em 1959, as eleições ocorreram no dia 8 de novembro, elegendo o prefeito Sr. Ivo Sprandel e seu Vice Sr. Domingos Zancanella. Naquela época o nosso município já perdia território com as recentes emancipações de Constantina e Nonoai, e às vésperas de perder os distritos de Rondinha e Ronda Alta. Em sua gestão, Ivo Sprandel conseguiu atender às comunidades mais afastadas, construindo redes elétricas no interior do município. Também em sua gestão se construíram escolas para estas comunidades. Foi sua gestão que conseguiram incluir Sarandi no traçado da Rodovia Presidente Kennedy (hoje Leonel de Moura Brizola), através de pressão exercida pelos vereadores junto ao governo do estado. Nesta época que se iniciam os movimentos de reforma agrária no norte do Estado, com a desapropriação da Fazenda Annoni.
 

Continue Lendo

Imprimir Email

5° LEGISLATURA MUNICIPAL

 

De 31/12/1963 a 31/12/68

Vereadores diplomados,empossados e respectivos partidos:

PSD + PL + UDN + PDC (AÇÃO DEMOCRÁTICA POPUPAR – ADP) – Paulo Schramm Júnior, Olympio Oltramari, João Olimpio de Souza, Mário Azambuja, Anacleto Signor e Luiz Agne.

PTB – Milton Alves de Souza, Almedoro Vencatto e Leonir Signor.

PRP – Armindo Silvestri.

Suplentes que assumiram durante a legislatura:

PSD + PL + UDN + PDC (AÇÃO DEMOCRÁTICA POPUPAR – ADP) – João Carlos Scheibe, José de Jesus, Evaristo Natal Cerbatto e Pedro da Costa Martins.

PTB – Francisco Muller da Silva, Rui Alves dos Santos Rabello.

PRP – Domingos Zancanella, Alexandre Presotto e Jorge de Macedo Geisel.

 

Continue Lendo

Imprimir Email

6° LEGISLATURA MUNICIPAL

De 31/12/1968 a 31/12/1972

 Vereadores diplomados,empossados e respectivos partidos:

ARENA – Aldo José Conte, Darcir Zandoná, Alexandre Presoto, Zeno Alves Bueno e José Guido Gassen.

MDB – Benno Kerber, Almedoro Vencatto, Naum Grossi, Walmor Davóglio, Adelino Gelain e Ericka Knop Gorck.

Suplentes que assumiram durante a legislatura:

ARENA – Jones Zanchet, João Olimpio de Souza, Jozinho Giordani, Adão Carneiro da Silva e Pedro da Costa Martins.

MDB – Antonio Augusto Rabello, Marcelo Sassi.

Prefeito Municipal:

As eleições ocorreram em 15 de novembro de 1968, sendo eleito para Prefeito o Sr. Reinaldo Luiz Toazza e para Vice o Dr. Milton Alves de Souza. Seu mandato destacou-se pela melhoria das estradas do interior do município e também pela sua atenção com a urbanização das ruas e avenidas com a implantação dos canteiros centrais arborizados.

 

Continue Lendo

Imprimir Email