tv face

História Política de Sarandi

sarandi
 
ORIGEM DO TERRITÓRIO
O Município de Sarandi tem seu território formado por terras que, inicialmente faziam parte de Rio Pardo (1809), desmembrado após para o município de Cachoeira do Sul (1819), mais tarde Cruz Alta (1834) e finalmente em 1857, Passo Fundo.
 
A FAZENDA SARANDY
Em 1897 João Vergueiro, proprietário da Fazenda Sarandy, anexa três posses e aumenta seu tamanho para mais de setenta mil hectares. Em 1906, Nicolau de Araújo Vergueiro vende a fazenda  para uma firma uruguaia: Maílhos, Mouriño & Lapido. Como o território era vasto, e difícil de se administrar como um todo, os uruguaios iniciam um projeto de colonização particular, surge a Colônia Sarandy.
 
TRÊS PRIMEIRAS FASES DA COLONIZAÇÃO DO TERRITÓRIO
 
1º FASE A primeira fase começa em 1917 com a firma Gomes & Schering, alterada logo para Gomes, Schering e Sturm, e ainda no mesmo ano para Armínio da Silva e Cia. Os primeiros que chegaram foram migrantes de origem alemã, organizados na  Primeira Sede, onde hoje fica o Ati-Açú. Em pouco tempo já estavam ali traçadas as ruas e praças com comércio, serraria, hotel e farmácia.
 
2º FASE A segunda fase ocorre logo em seguida, em 1918 com a colonização da Segunda Sede, agora com migrantes vindos das colonias italianas. Ignácio Giordani é um dos primeiros a comprar lotes e a organizar junto com a Cia. Colonizadora o desenho das quadras e ruas da Colônia.
 
3º FASE A terceira fase tem início com a elevação da Colônia Sarandi para a Vila de Sarandi (6º distrito). Em 1922, Passo Fundo transfere a sede de Pontão para Sarandi, sendo enviado para cá o Subprefeito Otávio Ribeiro.Em 1923 nossa colonização estagna devido a invasão de tropas revolucionárias na região.  Nossa colônia presencia combates e agressões de todos os tipos, mas no decorrer da década é retomada a normalidade e o Distrito segue se desenvolvendo.
 
MOVIMENTO EMANCIPACIONISTA
A partir de 1930 começa a surgir ideias emancipacionistas, sendo 1938 o ano do início da campanha, tendo como presidente o Dr. Mário Azambuja, acompanhado por Armínio da Silva, Álvaro Barcelo Sant'ana, Antônio Oltramari, João Piccini, Etelvino Ferreira Prestes, entre outros.
 
EMANCIPAÇÃO

O Município de Sarandi, foi criado pelo Decreto nº 7.840, de 27 de junho de 1939  pelo Interventor Federal do Rio Grande do Sul,  Cel. Osvaldo Cordeiro de Farias. A instalação do Município só ocorreu em janeiro de 1940, em decorrência do Decreto Lei nº 8.037, de 16 de dezembro de 1939.
 
O Município recém-instalado contava com população com cerca de 35.000 habitantes e seu território tinha 3.471 km²,  divididos em quatro distritos: Sarandi (sede), Rondinha, Constantina e Nonoai. Posteriormente o Município de Sarandi aumentou o número de seus distritos com a criação de Ronda Alta (então Rondinha do Campo), Liberato Salzano (Marcolino – Baitaca) e Trindade (Linha Trindade). 
 
PREFEITOS MUNICIPAIS NOMEADOS
  1. THOMAZ THOMPSON FLORES (15/01/1940 a 28/08/1940)
  2. WOLMAR FRANCO (27/09/1940 a 10/03/1945)
  3. DR. MÁRIO AZAMBUJA (27/03/1945 a 18/11/1945)
  4. DR. ARNO CONCEIÇÃO PETERSEN (18/11/1945 a 07/12/1945)
  5. SAUL IRINEU FARINA (13/12/1945 a 25/02/1946)
  6. DR. MÁRIO AZAMBUJA (25/02/1946 a 13/05/1947)
  7. ARMINIO DA SILVA (13/05/1947 a 10/10/1947)
  8. OLYMPIO OLTRAMARI (10/10/1947 a 10/12/1947)
*Lembrando que a nomeação dos prefeitos ocorriam devido ao período político nacional conhecido como "Estado Novo."

 

Imprimir Email