tv face

Escola Coutinho homenageada pela Câmara Municipal

Data Publicação: 18/10/2017 Publicado por: Assessoria de Imprensa

Escola Coutinho homenageada pela Câmara Municipal

Em sessão solene no dia 16 de outubro, a Câmara de Vereadores homenageou a Escola Estadual Dom José Coutinho. Se pronunciaram , além do presidente e lider do PMDB Edson Cezimbra e o prefeito Leonir Cardozo, os líderes de bancada, Claudinor Lorini, PT, Paulo Colett, PP, Wilmar Azeredo, PDT, Alex Rodrigues, REDE, e em nome da escola a diretora Silvana Sassi. Além de alunos , estiveram presentes também professores daquela escola. O hino da escola foi interpretado pela aluna Suelen da Silva.

O projeto para a homenagem foi de autoria do presidente do Legislativo e dos vereadores do PDT com aprovação dos demais vereadores.

HISTÓRICO DA ESCOLA

A Escola Estadual de Ensino Fundamental foi criada em 07/02/1957, sob o nome de Grupo Escolar da Zona Norte e funcionava onde hoje é a Escola Estadual Pe. Luiz Vigna. Em 1961 a Escola passa a funcionar no atual endereço, ainda sob o nome de Grupo Escolar da Zona Norte.

Através do Decreto nº 29008 de 1970, a Escola passa a designar-se Grupo Escolar Dom José Coutinho e, em 1976, a Resolução nº 122 do Conselho Estadual de Educação reorganiza o Grupo Escolar que passa a se chamar Escola Estadual de 1º Grau Incompleto de 1ª a 5ª série.

Em 14/05/1981, a Portaria nº 22948 autoriza o funcionamento da classe Especial para Deficientes Mentais.

O Parecer nº 815/88 autoriza o funcionamento da 6ª, 7ª e 8ª séries, passando a Escola a chamar-se Escola de Primeiro Grau Dom José Coutinho e a partir de 1994 é autorizado o funcionamento do Jardim de Infância e Pré-Escolar.

Somente a partir de 21/12/00, a Portaria Estadual nº 00332 designa o nome para Escola Estadual de Ensino Fundamental Dom José Coutinho.

Em 2006 o parecer nº 22 da Secretaria Estadual de Educação autoriza o funcionamento da Classe Especial para deficientes auditivos.

A partir da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, nº 9394/96 (LDB), é assegurado o atendimento de alunos com necessidades educacionais especiais, preferencialmente na rede regular de ensino. Desta forma, o Decreto Presidencial de 17/09/2008 dispõe sobre o atendimento educacional especializado em salas de recursos multifuncional e o fechamento das classes especiais.

Assim, a partir de 2010, as duas classes especiais foram fechadas e em seu lugar surgiram as salas de recurso com atendimento especializado, por professores qualificados para a função. E a inclusão dos alunos passou a ser uma realidade, ou seja, os alunos com necessidades especiais frequentam desde então as classes regulares e recebem atendimento na sala de recursos.

Atualmente a Escola Estadual de Ensino Fundamental Dom José Coutinho conta com 250 alunos distribuídos de 1º ao 9º ano, tendo alunos com necessidades intelectuais especiais incluídos em várias turmas.

A Escola atualmente também presta seus serviços educacionais disponibilizando vagas no ensino regular e fazendo o atendimento na sala de recursos das crianças e jovens que foram, por ordem judicial, retirados do convívio familiar e acolhidos na Casa da Criança.

,

,