tv face

Explicações dos Vereadores na Sessão do dia 06 de Abril de 2018.

Data Publicação: 11/04/2018 Publicado por: Acessoria 2

Explicações dos Vereadores na Sessão do dia 06 de Abril de 2018.

A Vereadora Denise Gelain falou de uma pessoa que lhe procurou para falar sobre as vagas no município, disse que no ano passado propuseram um projeto que visava dispor sobre a divulgação das listas de alunos matriculados, vagas e filas de espera das escolas municipais de educação infantil do município, o projeto tramitou, ele foi aprovado por todos os vereadores. Falou que em uma reunião nesse ano, o Prefeito municipal que sancionou a Lei após ser aprovada, elogiou o projeto e falou da importância do mesmo. No projeto o artigo segundo pede que a Lei entre em vigor em noventa dias após a sua publicação, se tornou Lei em seis de dezembro de dois mil e dezessete e percebe-se que o prazo já estorou e ainda não aconteceu na prática. Falou que a pessoa que lhe procurou ficou sabendo da Lei e questionou, o mesmo anotou tudo o que uma funcionária da Secretaria da Educação falou, segundo ele a funcionária disse “que estão estudando, e consideram ser complicado expor nomes de pessoas em um site”. A Vereadora Denise Gelain disse que não tem que estudar Leis, e sim ter que cumpri-las, foi aprovado, sancionado e tornou-se Lei, falou ainda que não haveria exposição, pois seria apenas as iniciais do nome da criança e o nome dos pais, a funcionária ainda questionou o que mudaria um nome no site ou não, a Vereadora disse que não se questiona a população, foi pedido para que os veradores ajudassem a fazer com que a Lei fosse cumprida, não está em questão questionar ou não se vão estudar ela, tem que cumprir, é um projeto sucinto, objetivo, bem elaborado para trazer mais transparência no município e colaborar com que os pais possam em casa acessar a ordem que o seu filho está na lista de espera.

O Vereador Rudimar Signor referiu-se a um assunto que falou no expediente do dia doze de março, referente ao questionamento do Vereador Oclides Barbiero. Falou da sua emenda impositiva que foi para as entidades no município, e sobre os recursos que veio do Badesul, que fosse priorizado o asfalto no começo da execução das obras na Rua Barão do Rio Branco. Falou também da presença do Secretário de Obras João Carlos da Silva Alves no Legislativo, disse que pediu para o mesmo se havia algum plano para fazer entradas de lavoura, e que o Vereador Oclides Barbiero falou que o Secretário nem tinha conseguido dar a volta nas estradas feitas do interior, falou que no programa de Rádio o mesmo disse que os agricultores querem as obras pra ontem, o Vereador Rudimar Signor esclareceu que os agricultores pedem com agilidade, pois estão vendo que está muito difícil de conseguir os trabalhos no interior, e que há bastante para ser feito. Falou também dos funcionários do município que estão preocupados e vendo que está difícil do Executivo passar o aumento.

A Vereadora Norma Schu Ewerling colocou que há bastante coisas boas acontecendo no município, as comunidades rurais do Ati-açu, Barreirinho, Novo Sarandi e Cohanol serão beneficiadas com internet de graça, o Vice Prefeito Glauber Kunzler assinou um termo de adesão ao Programa internet para todos em Brasília, em breve serão instaladas as primeiras antenas via satélites nas propriedades do Governo federal através da consulta popular que as pessoas votaram. Falou do Brasil sorridente implantado vários anos pelo Governo federal, foi também adotado pela Prefeitura Municipal de Sarandi através da Secretaria Municipal da Saúde, em dois mil e dezessete foram fornecidas duzentos e cinquenta próteses dentárias gratuitamente para a população do município e para o ano de dois mil e dezoito a previsão é de duzentos e cinquenta próteses segundo o Secretário da Saúde. Disse que aconteceu um fato importante para a educação, a semana da Páscoa doce, ação desenvolveu crianças e adolescentes do maternal II até os alunos do nono ano da rede municipal de ensino, foram desenvolvidas brincadeiras interativas e entregas de balas. Lembrou que vestidos de brancos estão procurando a paz no município. Ainda falou que no dia seis no Gabinete do Prefeito Leonir Cardozo lançaram o edital de licitação pública de várias obras.

O Vereador Alex Rodrigues seguiu o ritmo da Vereadora Denise Gelain na sua fala cobrando os nomes das crianças e falou que também tem um Projeto de lei que já cobraram do Executivo duas ou três vezes e não saiu do chão, aprovaram a vigilância vinte e quatro horas nos bancos onde tem caixa eletrônico, ter segurança vinte e quatro horas e foi aprovado pelo Legislativo, até o presente momento o Executivo ainda não colocou essa Lei em ação, não notificaram os Bancos, disse que verbalmente será umas das últimas vezes que cobrarão o Executivo para que faça isso, caso contrário tomarão providências cabíveis em relação ao Executivo, as Leis não são aprovadas por nada e o Executivo tem que cumprir o que é de responsabilidade do mesmo, já conversaram pessoalmente umas duas vezes com o Prefeito sobre isso, estão perdidos, falta de vontade ou desorganização. Entrou em um assunto e deu razão para o Vereador Rudimar Signor na questão do reajuste dos funcionários, disse que o Executivo tem que pensar de forma diferente, e não empurrar para o Legislativo pagar a conta do Executivo, Ex Prefeito Paulo Kasper chegou a dar 10% de reajuste, trabalhou de forma organizada e chegou fechar o ano com trinte e três mil positivo. Espera que o Executivo refaça e mande uma proposta satisfatória para o Legislativo.

O Vereador Paulo José Collett disse que referente a fala da Vereadora Denise Gelain averiguaria o fato. E referente a fala do Vereador Alex Rodrigues disse quer ver até que ponto o Executivo tem a responsabilidade de fazer com que se cumpra a Lei através dos bancos. Em relação ao ajuste salarial dos funcionários, disse que a bancada do PP está trabalhando junto com o Executivo para ver se conseguem algo a mais dentro das possibilidades. Abordou que aprovaram um projeto importante homenageando a Escola Machado, porém cinco ou seis dias entrou o projeto, fizeram uma Sessão extraordinária, colocaram em votação e aprovaram, falou que espera que venha algumas vezes algum projeto do Executivo nessas circunstâncias, para que possam ter esses mesmos procedimentos, como o projeto saiu de última hora, alguns projetos do Executivo quando necessário possam proceder também da mesma maneira. Sobre o problema do interior, segundo o que lhe disseram, no dia que terminaram de fazer a estrada no Ati-açu, duas horas depois deu quarenta milimetros de chuva e praticamente detonou com a estrada, terão que voltar novamente com aquele pedaço, falou que entende que o Secretário de obras está fazendo o possível para que os serviços sejam prestados, reclamações disse que umas são procedentes dos agricultores.

O Vereador Wilmar José Azeredo falou em relação ao projeto da Escola Dr. João Carlos Machado, queriam que a Sessão Solene viesse acontecer um dia anterior ao jantar, não que o mesmo veio de última hora. Disse que se o Presidente do Legislativo Airton Ortiz marcar uma reunião extraordinária tão logo para votar ao projeto municipal n° 016/2018 que foi lido, a Bancada do PDT estaria disposta. Comentou que quando trazem as indicações, não pedem para a pessoa que está reivindicando se ela é da oposição ou da situação, endende que no momento que foram eleitos pelo povo foi para defender o povo no total independente de partido político, o interesse é defender a população Sarandiense, e a população espera que façam isso e que reivindiquem, e que suas necessidades sejam levadas até o executivo. Sabe-se que o município arrecada com a finalidade de prestar o serviço, a população paga o seu imposto esperando que esse serviço seja retribuído, o município às vezes dá isenção ou um terreno a alguma empresa para se instalar e o município espera também que esta empresa venha trazer sua retribuição, disse que os vereadores pedem, reivindicam mas quem tem o poder de fazer é o Prefeito, Vice-prefeito e Secretários. Falou da falha que está tendo na Secretaria de educação que a mesma venha a ser sanada para que de fato venha ser cumprida conforme a Lei que foi aprovada pelo Legislativo. O Presidente do Legislativo Airton Ortiz comentou sobre a fala do Vereador Paulo José Collett onde o mesmo falou de como foi lido e votado rápido o projeto que homenageou a Escola Machado, o Presidente falou que hoje tem seis projetos no Legislativo, um está na comissão de educação Projeto de Lei municipal 001/2018, ainda não deu o prazo de sessenta dias que é um prazo na Lei do Regimento, Projeto de lei municipal n° 005/2018 que está com o presidente da comissão de justiça, Projeto de Lei municipal n° 013/2018 que o jurídico entregou para as comissões, Projeto de Lei municipal n° 014/2018 ainda está com o jurídico, Projeto de lei municipal 015/2018 que está nas comissões e Projeto de Lei complementar n° 002/2018, seis projetos na casa e todos os seis estão dentro do prazo.

O Vereador Paulo José Collett disse que não está se referindo aos projetos citados, falou que apenas fez uma colocação que poderá amanhã ou futuramente vim um projeto nessas condições e fazer esse tipo de procedimento. A Vereadora Denise Gelain disse que colocaram com urgência a grande maioria dos projetos, e nesse ano está tudo em dia. O Vereador Paulo José Collett disse que não se referiu aos projetos que estão no Legislativo, apenas fez uma previsão futuramente que poderá ocorrer e que possam proceder da mesma maneira. O Presidente do Legislativo Airton Ortiz disse que todos os projetos serão analisados cada um dentro da sua legalidade, pelas suas comissões e não é de costume de nenhum Vereador segurar projeto, caso venha um projeto como o Vereador Paulo José Collett falou de urgência, se os Vereadores entenderem que existe mesmo a urgência, se precisar ser feita três sessões, quatro ou cinco numa semana vão fazer e aprovar.

O Vereador Claudinor Lorini falou que em nenhum momento votou contra um projeto do Executivo onde solicitava a quantidade de colaboradores em cada secretaria, sempre defendeu que não cabia aos Vereadores dizer com quantos funcionários o Executivo teria que trabalhar em cada Secretaria, o Executivo elaborou seu projeto de Governo e de alguma forma devem respeitar, no momento que deram as condições para o Executivo trabalhar, sendo Vereadores de situação ou oposição cabe chamar a atenção do Governo sim, se isto não está acontencendo, se ainda não está o nome das pessoas, das crianças e dos pais conforme o Projeto de Lei cabe chamar a atenção do Executivo para que se coloque os nomes conforme foi aprovado em Lei. Disse que conconda com a fala do Vereador Paulo José Collett que fizeram uma aprovação rápida do projeto que homenageia a Escola Dr. João Carlos Machado e parabenizou a todos que se empenharam para que o mesmo acontecesse. Aproveitou o momento e falou da Feira do peixe que foi um sucesso, o agricultor ofertou o produto e o consumidor urbano adquiriu, parabenizou a cidade de Sarandi pela integração, os colaboradores e os funcionários públicos. O Vereador Oclides Barbiero disse que gostou muito do projeto n° 016/2018, e falou da importância do mesmo e citou um exemplo de dois anos atrás de um imposto atrasado do mesmo, o projeto no momento que for aprovado pelo Legislativo, divulgarem o pedido, pois muitas vezes o contribuinte fica bravo quando o projeto, a dívida da procuração vai para o Fórum, o Executivo é obrigado por lei quando chega uma certa data e não for pago mandar para o Fórum sob pena do tribunal de contas. Disse ser importante e que são dez milhões, e que pode entrar três ou quatro milhões, ajuda o município, mas ajuda bem mais a população. No programa de rádio, comentou ter falado das entradas dos agricultores disse que conhece o município e que são trezentos e noventa e quatro km de estrada que não foram feitas porque o tempo não ajudou.

O Presidente do Legislativo Airton Ortiz disse que alguns dias atrás reuniram-se no Legislativo com alguns líderes do Bairro Vicentinos, os moradores reivindicaram melhorias no campo do Bairro Vicentinos, convidaram o Prefeito Leonir Cardozo para fazer parte da reunião e combinaram que fossem feitas algumas melhorias no campo, colocação de tela, reforma na copa, vestiários e banheiros, troca de coberto e uma praça, Prefeito Leonir Cardozo se comprometeu em fazer e o projeto está pronto, só falta imprimir e dar sequência. Disse que ainda que levaram o Prefeiro Leonir Cardozo na entrada do Bairro Vicentinos e pediram que fosse feito uma parada de ônibus, existe uma no outro lado, as pessoas que vão para o lado da Finger, Aurora ficam na chuva quando chove, no frio e no sol quando tem sol, o Prefeito falou que fará. Levaram também o Prefeito Leonir Cardozo em frente a Santa Catarina, Ginásio Cohab, e pediram que fosse feita uma praça e um abrigo também para segurança das pessoas. Levaram também na frente do Módulo e também pediram que fosse feito um abrigo, foram ainda nas ruas da Vila Esperança onde em uma parte tem problemas com terra, já pediram que fosse resolvido o problema e ainda não fizeram nada, existem problemas de buracos na estrada. Levaram o Prefeito no campo da Esperança onde o mesmo se comprometeu em fazer vestiários e banheiros e após a Esperança levaram na Santa Gema, contou que pediu para o ex Prefeito Paulo Kasper que fizesse dois campos de futebol, um na Esperança que foi concluído ainda no mandato do Ex Prefeito Paulo Kasper e outro na Santa Gema que o Ex Prefeito iniciou e o Prefeito Leonir Cardozo ainda não conseguiu concluir, levaram o mesmo lá e pediram que fosse colocado tela, portão e as goleiras e que fosse feito uma copa com cozinha, banheiros e vestiários. O Prefeito Leonir Cardozo deu a sua palavra para a realização dos pedidos, e que só falta o Diretor de planejamento visitar esses lugares. Nada mais havendo a tratar, deu-se por encerrada a presente sessão.