tv face

Padre Miguel Longhi Recebe Título de Cidadão Sarandiense.

Data Publicação: 24/07/2018 Publicado por: Assessoria 2

Padre Miguel Longhi Recebe Título de Cidadão Sarandiense.

Padre Miguel Longhi,recebe  Título de Cidadão Sarandiense.

O Título de Cidadão Sarandiense foi concedido na sessão solene alusiva à Semana do Município, no dia 25 de Junho de 2018.

O Projeto  de Lei do Legislativo 023 de 22  de Maio de 2018,  É concedido o Título de Cidadão Sarandiense ao Padre Miguel Longhi, o qual é digno de honras e merece recompensas por serviços importantes e relevantes prestados à sociedade de Sarandi.

Conheça o Histórico do homenageado:

Pe. Miguel Longhi, que é membro da Congregação dos Missionários de São Carlos ou Scalabrinianos, nasceu na Linha Lageado Seco, Rondinha, Rio Grande do Sul, aos 24 dias do mês de outubro de 1958. Dentre 11 irmãos, é o quarto filho do casal Belmiro Longhi e Amélia De Bona Longhi. Frequentou o curso primário na Escola XV de novembro daquela localidade entre os anos de 1966 a 1970; e nos anos de 1971 a 1974 completou o curso ginasial no Colégio São Carlos de Rondinha-RS. Ingressou no Seminário São Carlos de Guaporé-RS no ano de 1975; e nos anos seguintes, 1976 e 1977, continuou seus estudos e sua Formação no Seminário Scalabrini em Passo Fundo-RS.

Em 1978 fez o Noviciado nesta mesma casa, culminando com a Primeira Profissão Religiosa aos 20 dias de janeiro de 1979. Ainda em 1979 cursou ali o 4º ano de Ensino Médio. No ano de 1980 em Nova Bassano-RS e em 1981 em Campos Novos-SC exerceu a atividade de Magistério para Ensino Fundamental e Médio. De 1982 até 1984 frequentou o curso de Licenciatura em Filosofia, Sociologia, Psicologia e História na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR); e de 1985 até 1988 cursou Teologia no Instituto Teológico São Paulo (ITESP) em São Paulo capital. Ordenado sacerdote em 15 de janeiro de 1989, na Paróquia Nossa Senhora do Rosário cidade de Rondinha-RS, trabalhou os dois primeiros anos de seu Ministério Presbiteral em Londrina-PR como Diretor do Centro de Pastoral do Migrante-Norte do Paraná e vigário da paróquia Nossa Senhora Aparecida – hoje Santuário Nossa Senhora Aparecida – no Bairro Vila Nova.

Em janeiro de 1991 foi nomeado Diretor do Instituto Filosófico Scalabriniano no Bairro Uberaba em Curitiba-PR; cargo esse que deixou de exercer no final de 2008. Enquanto isso foi também vigário das Paróquias São Pedro - Umbará e São José - Capão Raso, sempre em Curitiba. Entre os anos de 1994 e 2002 exerceu o cargo de Orientador Educacional na Faculdade Vicentina (FAVI). Nesse ínterim, especializou-se em Filosofia; e anos de 2002 e 2003 cursou o Mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). De dezembro de 2008 a fevereiro de 2014 foi pároco da Paróquia São Pedro - Umbará. E em fevereiro de 2015 assumiu como pároco a Paróquia Nossa Senhora de Lourdes nesta cidade de Sarandi-RS. Apensas para figurar, Pe. Miguel Longhi é também autor de livros e artigos sobre Educação.

Os Autores do Projeto foram os Vereadores:

Vereadora Denise Gelain/Lider da Bancada do PDT

Ver.Wilmar José de Azeredo/PDT

Ver.Rudimar Signor/PDT

Ver.Erni Maciel da Silva/PDT

 Divulgação/Lori Vargas Oliveira-AI